12 de maio – Dia Internacional do Enfermeiro

Hoje é dia de homenagear quem cuida, quem salva, quem recupera, quem ampara e quem cura. Ao redor do mundo, a data de hoje celebra os enfermeiros, profissionais da saúde fundamentais para o paciente e símbolos de cuidado com a vida humana. No Hospital do Câncer em Uberlândia, são várias pessoas dedicadas em exercer suas funções em prol do paciente oncológico. 

Regiane Batista trabalha no setor de enfermagem do HCa e reconhece a responsabilidade de exercer uma função tão importante para o cuidado humano: “a enfermagem na área oncológica é muito específica, com protocolos variados e, por isso, requer muita disciplina, atenção e foco. Acima de tudo, precisamos unir a parte técnica com a  humanização”. A enfermeira conta que escolheu a profissão pelas várias oportunidades de atuação que ela apresenta. 

No último ano, a enfermagem tomou o destaque em nossa sociedade por assumir, junto com outras profissões, a linha de frente nos cuidados de pacientes infectados com COVID-19 e protagonizar situações de empenho e responsabilidade com o ofício escolhido. Para Regiane, o momento em que vivemos exige a difícil tarefa de equilibrar o lado profissional e o lado humano dos profissionais celebrados hoje: “Tivemos que seguir em frente e encarar uma realidade imprevisível, enfrentando os medos, as perdas, o adoecimento dos colegas em um contexto caótico de atrasos para se implantar as medidas necessárias”, e completa dizendo que apesar de triste, a pandemia “mostrou o valor e a honra destes profissionais que diariamente doam a sua própria vida para salvar a outra”. 

O Grupo Luta Pela Vida e Hospital do Câncer em Uberlândia parabenizam todos esses profissionais que usam a enfermagem como o instrumento que cuida, cura e celebra a vida humana. Parabéns aos enfermeiros. 

Rolar para cima