A solidariedade que salvou Rafael

Compartilhe:

Como qualquer garoto de 12 anos, Rafael é apaixonado por videogames, esportes, pelos memes da internet e faz questão de se manter sempre agitado. Quando tem a oportunidade, ele reafirma o amor pela família, mas como qualquer caçula, não esconde as diferenças com o irmão mais velho marcadas pela distância de idade. Apenas um detalhe o separa dos outros jovens da sua idade: o diagnóstico de leucemia. 

Rafael exala tanta vitalidade, que reafirma através de seus comportamentos que o câncer é um mero detalhe em sua vida. Mas nem sempre foi assim. “Tudo começou quando ele tinha 10 anos de idade e se queixava de dores nas costas, na barriga e nas coxas”, conta Silvana, sua mãe. Depois do diagnóstico de “dor do crescimento”, ela não se deu por satisfeita e só descobriu que Rafael estava com um tipo leucemia linfóide aguda quando ele foi internado.

Quando começou o tratamento no Hospital do Câncer em Uberlândia, Rafael se mantinha distraído com o tratamento dos voluntários e profissionais da saúde, mas com o tempo, as sessões de quimioterapia o deixaram mais triste. Segundo Silvana, nesse período “o único lugar que animava o Rafael era a brinquedoteca. Ele gostava muito das oficinas de pintura”.

Dois anos depois de seu diagnóstico, Rafa terminou as sessões de quimioterapia e está na fase de acompanhamento do seu tratamento. Silvana conta que durante o período, o jovem precisou ser internado em duas ocasiões, mas o estoque do seu tipo sanguíneo estava em falta. “Nas duas vezes eu realizei uma campanha de bolsa sanguínea para estimular as pessoas a doarem, foi quando eu percebi o poder que uma doação tem”, ela lembra.

“Doações são muito importantes no tratamento de um paciente. É uma vida que está sendo salva”, afirma a mãe. Hoje, perguntando o que Rafa gostaria de ser quando se tornar mais velho, a resposta não poderia o definir mais ele: quero dançar.

Graças às doações da sociedade, Rafael e mais de 8.600 pacientes em tratamento no Hospital do Câncer em Uberlândia podem continuar na luta pela vida. Ajude com o coração e nos apoie na luta contra o câncer. Acesse doehospitaldocancer.org ou ligue 0800 340 2062 e transforme amor em ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *