Atrações culturais marcam festa do Dia Mundial de Cuidados Paliativos

Compartilhe:

magico asafeA manhã desta quarta-feira (08) foi dedicada à arte e diversão para marcar a comemoração do Dia Mundial de Cuidados Paliativos. A festa, organizada pela equipe multidisciplinar de Cuidados Paliativos do Hospital do Câncer em Uberlândia, contou com a participação de pacientes, acompanhantes e funcionários que se reuniram no hall principal do Hospital.

Segundo o médico clínico-geral e especialista em oncologia que coordena o programa de Cuidados Paliativos, José Junqueira de Freitas, a comemoração teve como objetivo mostrar o quanto o trabalho realizado em prol dos pacientes e familiares é importante. “A equipe multidisciplinar promove a melhora de qualidade de vida, contribui para que o estado e sintomas psicológicos e sociais tanto do paciente, quanto das famílias sejam os melhores possíveis. Essas necessidades não podem ser subestimadas”, afirma o médico.

As atrações culturais marcaram toda a comemoração. Banda do 36º Batalhão de Infantaria de Uberlândia animou o público tocando músicas de sucesso do passado e da atualidade. Um dos momentos mais emocionantes da apresentação da Banda foi na execução da música do cantor gospel Régis Danese, chamada “Faz um milagre em mim”, na qual todo o público cantou à capela o refrão da canção.
Além de cantar, pacientes e acompanhantes puderam se divertir com o Mágico Asafe. O mágico fez truques de ilusionismo que impressionaram o público, que tentou descobrir os segredos das mágicas. Asafe contou com a participação dos pacientes, que o auxiliaram em truques com lenços, além de fazer aparecer diante dos olhos do público um coelho e uma pomba branca. Para acompanhar a manhã de atrações culturais, pipoca e algodão doce foram distribuídos.

Equipe de profissionais e voluntários de Cuidados Paliativos do Hospital do Câncer em Uberlândia
Equipe de profissionais e voluntários de Cuidados Paliativos do Hospital do Câncer em Uberlândia

O que são os Cuidados Paliativos?

Segundo a ANCP (Academia Nacional de Cuidados Paliativos), os Cuidados Paliativos foram definidos pela Organização Mundial de Saúde em 2002 como uma abordagem ou tratamento que melhora a qualidade de vida de pacientes e familiares diante de doenças que ameacem a continuidade da vida.
O tratamento em Cuidados Paliativos deve reunir as habilidades de uma equipe multiprofissional para ajudar o paciente a adaptar-se às mudanças de vida impostas pela doença, além trabalhar com pacientes e familiares a condição de ameaça à vida.

Junqueira explica ainda que conceito de cuidados paliativos surgiu na Inglaterra na década de 1960, com o propósito de aliviar o sofrimento e dignificar o final de vida de seus doentes. No final da década de 1980, os Cuidados Paliativos passaram a ser recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para pacientes com câncer, devido às características de evolução da doença.

A Equipe Técnica Multiprofissional do Hospital do Câncer é formada por 11 pessoas, sendo três médicos, três enfermeiros, três assistentes sociais, um psicólogo e um nutricionista, além de 25 voluntários do Grupo Luta pela Vida. “Esses voluntários realizam um trabalho de extrema importância. Fazem visitas domiciliares, estando mais próximos dessas pessoas. Eles conhecem a história dessas famílias. É um trabalho de humanização. Hoje, temos conseguido fazer com que os pacientes que passam por um momento fragilizado, tenham apoio necessário. Consideramos que esses pacientes precisam ter os sintomas controlados e se sintam cuidados”, conclui o coordenador do programa de Cuidados Paliativos do Hospital do Câncer, José Junqueira de Freitas.

cartaz girassol cuidados paliativos

Os girassóis, símbolo da equipe de Cuidados Paliativos, enfeitaram a mesa de frutas do evento
Os girassóis, símbolo da equipe de Cuidados Paliativos, enfeitaram a mesa de frutas do evento
O público ocupou todo o espaço do hall principal do Hospital para aproveitar a festa
O público ocupou todo o espaço do hall principal do Hospital para aproveitar a festa
A banda do 36º Batalhão animou o público com repertório diversificado
A banda do 36º Batalhão animou o público com repertório diversificado
Os voluntários da equipe de Cuidados Paliativos marcaram presença na comemoração
Os voluntários da equipe de Cuidados Paliativos marcaram presença na comemoração

banda exercito

O mágico Asafe encantou o público com  truques  de ilusionismo , nos quais até o fogo apareceu no palco
O mágico Asafe encantou o público com truques de ilusionismo , nos quais até o fogo apareceu no palco

asafe truque magica

asafe crianca coelho

O público conferiu também uma apresentação de Zumba
O público conferiu também uma apresentação de Zumba
Homenagem: família de paciente dos Cuidados Paliativos cria cartaz em agradecimento ao trabalho prestado pelos profissionais
Homenagem: família de paciente dos Cuidados Paliativos cria cartaz em agradecimento ao trabalho prestado pelos profissionais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *