Câncer de pele: Grupo Luta Pela Vida lança cartilha para o Dezembro Laranja

O câncer de pele é o tumor de maior incidência a nível nacional e mundial, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer. Para conscientizar a população sobre a importância de prevenir este tipo de tumor, foi criada a campanha de Dezembro Laranja pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os tumores na pele podem ser divididos em dois tipos: melanoma e não melanoma. No Brasil, o câncer de pele não melanoma representa cerca de 30% do total de casos de câncer registrados no país e, somente em 2021, devem ser diagnosticados 177 mil novos casos. Apesar de ser o de maior incidência, é também o de menor mortalidade, quando tratado adequadamente.

Embora o melanoma represente apenas 3% do total de casos de câncer de pele, ele é o de maior gravidade e mortalidade. Só nesse ano, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima o diagnóstico de 8.450 casos da doença.

Segundo Patrícia Delfino, pesquisadora em Saúde Coletiva do Núcleo de Projetos, Prevenção e Pesquisa do Hospital do Câncer, uma das formas que ajudam a identificar uma suspeita de melanoma é por meio da observação de pintas no nosso corpo. “Existe uma Regra chamada ABCDE. O “A” quer dizer assimetria, quando você passa um traço no meio e ela é diferente. “B” de borda, quando a pinta tem bordas irregulares. “C” é de cores, quando as pintas tem cores diferentes. “D” é referente a diâmetro, quando a pinta é maior que seis milímetros. Por último, “E” de evolução, quando a pinta cresce de tamanho”, explica.

A pesquisadora ainda reforça sobre a importância da aplicação de filtro solar e de evitar a exposição solar entre 10h e 16h, quando a radiação UV é máxima. Mais informações, acesse a cartilha explicativa sobre o Dezembro Laranja clicando aqui e/ou assista o vídeo abaixo:

Rolar para cima