Dança e emoção marcam festa do Dia das Mães

Compartilhe:

11162054_926751127345383_9001351291418653832_oNa manhã desta terça-feira (05) o saguão do Hospital do Câncer se transformou em espaço de homenagens ao Dia das Mães. Muita emoção e diversão acompanharam todas as atrações da comemoração para as mamães, ação realizada pelo Núcleo de Voluntários do Grupo Luta Pela Vida.

Os voluntários do Apoio Religioso trouxeram representantes de várias religiões para que cada um pudesse fazer preces para as mães, além de ressaltar a importância delas. A equipe fez ainda outra homenagem às mães, com canções que falavam do amor materno.

Ainda na linha musical, a equipe de voluntários da Música preparou uma apresentação especial com canções para divertir e celebrar o Dia das Mães. Juntamente com a música as mães presentes no saguão do Hospital ganharam flores de chocolate para marcar a data. A equipe de entretenimento brincou com todos os presentes na comemoração, além de distribuir brindes aos pacientes e acompanhantes durante a realização do bingo.

Mas o momento mais emocionante da festa ainda estava por vir. Karolina Cordeiro apresentou uma dança especial, acompanhada por seu filho Pedro Cordeiro, de 8 anos. Pedro possui uma síndrome rara, chamada Aicardi-Goutieres, uma doença genética degenerativa que afeta principalmente a fala e os movimentos. A dupla, vestida de azul, Pedro em sua cadeira de rodas, Karolina com sua saia rodada e sapatilha, emocionaram a todos com uma dança simples e cheia de conexão ao som de “Como é grande meu amor por você”, de Roberto Carlos. No colo da mãe, o pequeno Pedro parecia flutuar e o amor de mãe e filho ficou mais que evidente.

Para Karolina, que também é voluntária do Grupo Luta Pela Vida, a experiência de se apresentar com o filho no Hospital do Câncer trouxe muitos significados. “É tudo muito emocionante, pois acho que a cura não está só nos remédios, mas no amor que você dá ao próximo e poder me apresentar aqui, para tantas mais que lutam com seus filhos foi incrível. A minha dança com o Pedro é uma forma de mostrar minha devoção à ele e dizer como ele é importante e como o Pedro me faz uma mãe melhor. Quero passar para as pessoas que a gente pode ser feliz apesar de qualquer limitação que possa existir”, afirma Karolina.

Perguntada sobre o que diria à uma mãe que acompanha a luta de um filho contra o câncer, Karolina deixa um recado de esperança. “Eu diria para que quando essa mãe olhar seu filho, que ela enxergue só amor. Que ela não tenha medo da fé, porque o Pedro fez com que eu perdesse o medo daquilo que eu não conhecia”, completa Karolina.

A equipe da música preparou uma apresentação toda especial para a data
A equipe da música preparou uma apresentação toda especial para a data
Os voluntários do entretenimento distribuíram flores de chocolate para as mamães
Os voluntários do entretenimento distribuíram flores de chocolate para as mamães

publico dia das maes

Emoção: Karolina e Pedro dançaram em homenagem às mães
Emoção: Karolina e Pedro dançaram em homenagem às mães

karol e solange

voluntarios

pedro e karol

pedro e karol 2

pedro e karol 3

todo mundo festa dia das maes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *