Dezembro Laranja: a prevenção contra o câncer de pele

Você provavelmente já se deparou com alguma informação do tipo “o câncer de mama é o mais incidente em mulheres, tirando o câncer de pele não melanoma”. Bom, isso acontece porque a incidência do câncer de pele é tão grande nos brasileiros – e na população mundial, via de regra – que as fontes de informações contabilizam a incidência de cânceres nas pessoas excluindo o câncer de pele, o que nos deve servir ainda mais de alerta.

Existem dois tipos básicos de câncer de pele, o não melanoma, que surge nas células basais ou nas escamosas, e o melanoma, o mais agressivo e que surge nas células que produzem a melanina. O primeiro tipo é responsável por cerca de 95% de todas as incidências de câncer de pele nas pessoas e, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer, o INCA, para 2021, é esperado que cerca de 176.930 pessoas sejam acometidas com o câncer de pele não melanoma, sendo 83.770 homens e 93.160 mulheres. Ainda de acordo com o Instituto, esse tipo de câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Para se ter uma ideia, o segundo tipo de câncer com maior incidência no país, o de próstata, tem uma estimativa de 65.840 novos casos para o próximo ano.

Para identificar o câncer de pele, é importante ficar atento a alguns sinais, como manchas na pele que coçam, ardem, descamam ou sangram ou feridas que não cicatrizam em até quatro semanas. Caso for diagnosticado no início, as chances de cura são bem altas e por isso o foco deve ser na prevenção.

Sabendo disso, o Hospital do Câncer em Uberlândia preparou um vídeo bem didático e explicativo como parte da série #CuidarÉViver que explica tudo sobre o câncer de pele e quais são as principais formas de preveni-lo. Veja:

Cuidar é a melhor alternativa para evitar o câncer de pele e outras formas da doença. Para conferir as outras produções da campanha #CuidarÉViver, acesse o canal no YouTube do Hospital do Câncer em Uberlândia.

 

Rolar para cima