Dia Mundial de Cuidados Paliativos: entenda a importância desta data

O segundo sábado de outubro de cada ano é o escolhido para comemorar o Dia Mundial de Cuidados Paliativos. A data, que em 2021 é celebrada no dia 09 de outubro, tem como objetivo apoiar e dar mais visibilidade a causa. De acordo com a Worldwide Hospice Palliative Care Alliance (WHPCA), o tema deste ano é “Não deixe ninguém para trás – Equidade no acesso aos Cuidados Paliativos”. A ideia de reforçar a palavra “equidade” vem de seu significado, que é a busca de que cada pessoa, mesmo estando em circunstâncias diferentes, tenha uma oportunidade para que possamos alcançar um resultado igualitário.

O que são os cuidados paliativos?  

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os cuidados paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, por meio de identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais.

Essa assistência foi inicialmente pensada apenas para o tratamento oncológico, mas atualmente já engloba qualquer doença que ameace a vida por ser progressiva ou incurável. Tendo com princípio fornecer a qualidade de vida dos pacientes e o alívio das dores, além de promover um sistema de apoio os familiares, os cuidados paliativos são importantes por usar uma abordagem clínica e também psicossocial aos envolvidos, incluindo aconselhamento e suporte ao luto.

Como os cuidados paliativos são realizados pelo Grupo Luta Pela Vida

O Grupo Luta Pela Vida oferece o serviço de cuidados paliativos aos pacientes oncológicos atendidos no Hospital do Câncer em Uberlândia. Por meio de uma equipe multidisciplinar, a organização presta assistência a pacientes em fase avançada da doença e que não possui possibilidade de cura. Além disso, para trazer maior qualidade para a vida e conforto para os pacientes e familiares, o Grupo Luta Pela Vida construiu sua Unidade II para atender as especificidades destes pacientes. Conheça mais o local pelo vídeo abaixo:

A obra do Centro de Cuidados Paliativos já está finalizada e agora o Grupo Luta Pela Vida está em busca de equipar e mobiliar o prédio por meio da ajuda da sociedade e de empresas parceiras para que possa inaugurar sua Unidade II.

Rolar para cima