Grupo Luta Pela Vida e Hospital do Câncer em Uberlândia lançam campanha “Doe medula e salve vidas”

O que você faria caso soubesse que é a única chance de cura para um indivíduo? Os números mostram que a probabilidade de encontrar um doador de medula óssea 100% compatível é de 1 a cada 100.000 pessoas. Porém, muito mais do que números, essa é uma realidade de milhares de pessoas atualmente. Com o objetivo de incentivar as doações de medula óssea, Grupo Luta Pela Vida e Hospital do Câncer em Uberlândia lançam campanha “Doe medula e salve vidas”.

De acordo com o REDOME – Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea – existem mais de 5.300.000 doadores cadastrados no Brasil atualmente. Esse número coloca o nosso país como o terceiro maior banco de doadores de todo mundo, mas mesmo assim as chances de compatibilidade são consideradas raras. Para se ter uma ideia, a probabilidade de alguém ganhar na Loteria é maior do que achar um doador apto para realizar o transplante. 

A campanha “Doe medula e salve vidas” foi produzida pelo Grupo Luta Pela Vida e Hospital do Câncer em Uberlândia  em parceria com 5ml de Esperança e Salve +1 e com o apoio da Imaginare Filmes, TV Integração, OAB Uberlândia, UNIPAC, Caramel, Matuto Grill, Ternos.com, Agência Ursa. Compartilhe o vídeo para que a informação conscientize o maior número de pessoas.

Como me tornar um doador de medula óssea?

 O primeiro passo para se tornar um doador é procurar o hemocentro do seu estado e agendar uma consulta de esclarecimento ou palestra sobre doação de medula óssea. O voluntário à doação irá assinar um termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), e preencher uma ficha com informações pessoais. Após esse procedimento, será retirada 5 ml de sangue do candidato a doador. Não esqueça de apresentar o documento de identidade.

O seu sangue será analisado e após suas características genéticas que vão ser cruzadas com os dados de pacientes que necessitam de transplantes para determinar a compatibilidade. Para conferir todos os detalhes sobre a doação, entre no site do REDOME.

Rolar para cima