Equipe de acolhimento: voluntários que humanizam o Hospital

Compartilhe:

A equipe de acolhimento do Hospital do Câncer em Uberlândia foi criada para receber o paciente que vai iniciar seu tratamento. A equipe é composta por 12 membros, que incluem os profissionais do Serviço Social e também os voluntários do Grupo Luta Pela Vida.

A coordenadora da equipe, a voluntária Sandra de Moraes, explica que o acolhimento não é apenas uma equipe de voluntários, mas também faz parte do protocolo de atendimento de oncologia. O trabalho dos voluntários e do Serviço Social acontece antes da primeira consulta do paciente. É realizada uma reunião com esses acolhedores que passam as informações e tiram as dúvidas para ajudar o paciente durante sua jornada dentro do Hospital do Câncer.

A escolha dos membros da equipe é muito importante, já que na maioria das vezes os pacientes e familiares chegam com muitas dúvidas sobre o tratamento e funcionamento do serviço de oncologia. Os voluntários também buscam, com carinho e atenção, acalmar o coração de quem está começando a batalha contra a doença, exercendo uma importante função de humanizar o ambiente hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *