Evento “Portugal no Cajubá” arrecada 50 mil reais em prol da luta pela vida

No dia 28 de julho o Cajubá Country Club realizou a segunda edição do “Portugal no Cajubá”, um evento voltado para a promoção e recorte histórico da cultura alimentar portuguesa no Brasil. O jantar contou com cerca de 240 pessoas que puderam compartilhar da famosa bacalhoada portuguesa e seus acompanhamentos.

O prato a base de peixe, ovos, tomate, cebola, bastante azeitona e especiarias têm origem lusitana e, como quase toda cultura europeia, foi sendo introduzida no Brasil, desde os tempos da colonização. Por estar diretamente relacionado à Páscoa, esse prato também foi um importante ponto de partida para a propagação dos costumes católicos no país.

A tradição da bacalhoada fincou raízes em Uberlândia nos anos 1950, quando Dona Cacilda, imigrante portuguesa, preparava o prato no Clube Português, local de encontro e distração dos imigrantes que chegavam ao triângulo mineiro para trabalhar na Companhia Mogiana de Estradas de Ferro em 1890 e acabaram fazendo de Uberlândia seu novo lar.

Além do contexto histórico, o evento no Cajubá, também promoveu a solidariedade. O Portugal no Cajubá arrecadou 50 mil reais que foram totalmente convertidos em prol dos pacientes em tratamento oncológico no Hospital do Câncer em Uberlândia.

De acordo com organizador do evento, Celso Machado, esse momento de compartilhamento, boas ações e, claro, boa comida, só foi possível graças ao trabalho mutuo de instituições importantes na cidade como:  a Cooperativa Unicred, Start Química, Pneus Planalto e Duo. O agradecimento estende-se, também a figuras como: Leo Bione, Prime Som, Nicolau Sulzbeck e as meninas do Purodoar.

“Agradeço a participação de todos e espero que tenham vivenciado uma noite muito agradável por uma causa tão nobre. Aos patrocinadores, nossa gratidão e ao Cajubá que foi também realizador dessa iniciativa. E o mais importante, que estejam todos conosco no próximo evento”, comenta Machado.  

O Grupo Luta Pela Vida agradece à todas as doações e a força de vontade de cada envolvido. Seguimos sempre juntos pela vida!

Rolar para cima