Grupo Luta Pela Vida faz homenagem a uma pessoa fundamental na história da ONG e do Hospital

Ailto Vieira Borges foi peça importante na história do Hospital do Câncer em Uberlândia. Em 2014, enquanto fazia tratamento contra o câncer em um dia comum de ida ao Hospital para uma sessão de quimioterapia, teve a ideia de fazer um leilão em prol dos pacientes oncológicos. Desde então, até 2020, conseguiu levantar 6 leilões que fizeram a diferença no tratamento de cada paciente do Hospital, tornando-se uma pessoa muito especial para todos que fizeram parte dessa história ao seu lado. No começo desse ano, infelizmente, Ailto não resistiu ao câncer e veio a falecer. 

Para agradecer a toda essa jornada, o Grupo Luta Pela Vida e o Hospital do Câncer em Uberlândia fizeram uma homenagem para a família de Ailto, e entregaram o troféu Juntos Pela Vida. “Todo ano ele fazia o leilão. A enfermidade, infelizmente, foi piorando e ele teve que amputar a perna, mas mesmo assim ele continuou fazendo o leilão, nada o impediu. Até o último dia ele sempre teve essa preocupação.” conta Ilzamar, viúva de Ailto.

A Diretora Social do Grupo Luta Pela Vida, Zaida, sempre foi muito próxima da família e relembra que, mesmo no dia que foi amputar a perna, ele já estava planejando o próximo leilão. “No outro dia, que ele amputou a perna, eu fui visitá-lo no Hospital. Perguntei como ele estava e ele disse: “Estou ótimo. Vamos trabalhar?”. Isso era uma fé muito grande que ele tinha.” disse Zaida.

As filhas de Ailto também comentaram sobre a importância que isso tudo teve na vida delas: “Nós ficamos muito orgulhosas. Para nós é muito especial. Gostamos muito de ajudar as pessoas, e isso surgiu na gente vendo nossos pais. Os leilões sempre foram muito especiais pois eles sempre aconteciam nas datas dos nossos aniversários, era como se fosse a nossa festa. E o leilão não comemorava só a nossa vida, mas também comemorava a vida de todos que são amparados pelo Hospital.” disseram elas.

Em nome do Grupo Luta Pela Vida e do Hospital do Câncer em Uberlândia, gostaríamos de agradecer por tudo que Ailto proporcionou para os pacientes oncológicos do Hospital. Esperamos que a solidariedade dele inspire outras pessoas a fazerem o mesmo. Sempre, juntos contra o câncer!

Rolar para cima