O que fazemos

Para garantir um tratamento de qualidade e humanizado ao paciente, o Grupo Luta Pela Vida realiza investimentos desde a capacitação dos profissionais até o desenvolvimento de estruturas e aquisição de máquinas e aparelhos de última geração para o tratamento. 

Sempre se estabelecendo como a ponte entre o Hospital do Câncer e a sociedade, o Grupo realiza esses investimentos a partir das contribuições que são arrecadadas de parceiros empresariais e membros da comunidade. Para isso, a ONG desenvolveu uma série de formas de doação para melhor se adequar a sociedade. 

Além do auxílio no tratamento médico, é uma das funções do Grupo Luta Pela Vida fornecer o amparo humanitário aos pacientes, acompanhantes e às suas famílias. São realizadas diversas ações de humanização dentro do Hospital do Câncer, entre elas o apoio dos voluntários e o atendimento. 

Rolar para cima

Captação de Recursos

O Grupo Luta Pela Vida é a única ONG que capta recursos destinados ao Hospital do Câncer em Uberlândia e para isso conta com uma ajuda essencial: a solidariedade da população e de empresas.

Para organizar as doações recebidas, o Grupo Luta Pela Vida conta com diversas formas de captação de recursos para que a sociedade possa contribuir com a causa. As doações são arrecadadas junto a pessoa física e jurídica.

Investimentos no tratamento contra o câncer

O Grupo Luta Pela Vida é a ONG que auxilia na manutenção do Hospital do Câncer em Uberlândia por meio de investimentos no tratamento do paciente. Esta atuação é desenvolvida de diferentes formas, entre elas, a capacitação e qualificação de profissionais, aquisição de máquinas de última geração para o tratamento oncológico, investimentos em pesquisas e projetos na área, desenvolvimento de ações de marketing social para promover a prevenção contra o câncer, estratégias de captação, entre outras.

Como parte desse desempenho, nos últimos tempos, o Grupo finalizou as obras do Centro de Cuidados Paliativos Oncológicos, Centro Cirúrgico Oncológico e o Centro de Transplante de Medula Óssea, além de investir na ampliação da quimioterapia pediátrica e adulta e na Unidade 2.

 

Humanização

A Humanização é um dos principais valores que o Grupo Luta Pela Vida preza ao oferecer um tratamento para os pacientes do Hospital. Saber reconhecer as diferentes demandas de quem realiza o tratamento na Instituição e oferecer recursos para que essa fase seja encarada de uma forma mais humanizada é um dos pilares a serem seguidos pelo Grupo. 

O valor da Humanização se vê presente em várias frentes de atuação do Grupo, desde oferecendo um núcleo de mais de 460 voluntários que atua diretamente com o paciente em todos os momentos do tratamento, até na elaboração de campanhas e ações que contemplem o público externo.

NUPPPEC

O Núcleo de Prevenção, Pesquisa e Projeto de Câncer (NUPPPEC) é uma iniciativa do Grupo Luta Pela Vida, que nasceu em 2013, com o objetivo atuar na área de pesquisas sobre o câncer, diagnóstico precoce e realizar projetos de prevenção junto à comunidade.

O NUPPPEC conta atualmente com cinco pesquisadores com especialização em oncologia nas áreas de Enfermagem, Nutrição, Biomedicina e Psicologia, focadas em realizar as atividades de pesquisa, projeto e ações de prevenção. A coordenação do Núcleo está a cargo do professor e médico oncologista do Hospital do Câncer em Uberlândia, Dr. Rogério Araújo.

Briquedoteca

A Brinquedoteca do Hospital do Câncer em Uberlândia foi inaugurada em 2003 com o objetivo de exercitar a parte lúdica, a aprendizagem e sociabilidade das crianças e jovens que são pacientes da Instituição. Além de manter viva arte de brincar, o espaço possui todo uma equipe pedagógica preparada para atendê-los durante este período de tratamento.

É função do Grupo Luta Pela Vida zelar para o que espaço mantenha seu ambiente confortável, seguro e lúdico, para que os jovens pacientes se sintam acolhidos pelo Hospital do Câncer durante a fase de tratamento.

Assessoria Jurídica

Os pacientes do Hospital do Câncer em Uberlândia, assim como pacientes tratados em outras instituições, possuem direitos garantidos por lei que os resguardam no período de tratamento. Para auxiliar nessas questões, o Grupo Luta Pela Vida oferece gratuitamente o serviço de assessoria jurídica para os pacientes e acompanhantes do Hospital do Câncer.

As orientações jurídicas são feitas pelo escritório Carvalho, Vitorino e Brasão Advogados, no qual os profissionais atendem individualmente os casos dos pacientes e acompanhantes nas mais diferentes esferas, com ações para assegurar o cumprimento dos direitos garantidos por lei.

Os atendimentos acontecem todas às terças-feiras, das 9h às 11h da manhã, na sala da coordenação geral do Núcleo de Voluntários, no Hospital do Câncer.

Apoio Social

O Grupo Luta Pela Vida oferece apoio humanitário e material aos seus pacientes e familiares, contribuindo com doações durante o tratamento. Todos os meses, pacientes recebem doações de fraldas, leites, medicamentos, suplementos alimentares, cestas básicas, águas de coco, entre outros produtos.

As doações são feitas após uma triagem realizada com os pacientes, feita pelas assistentes sociais do Hospital, que avaliam as necessidades de cada caso. Além disso, também são feitos empréstimos durante o tratamento de andadores, bengalas, cadeiras de banho e de rodas, cama hospitalar e muletas.

O Apoio Social acontece no espaço do Grupo Luta Pela Vida no saguão do Hospital do Câncer em Uberlândia.

Núcleo de Voluntários

Para um atendimento de qualidade no tratamento contra o câncer são necessários profissionais capacitados e equipamentos e infraestrutura adequados, mas, além disso, os pacientes e acompanhantes do Hospital do Câncer em Uberlândia podem contar com uma ajuda que faz a diferença: os voluntários do Grupo Luta Pela Vida.

São eles que oferecem a humanização no dia a dia do ambiente hospitalar. Vestidos com seus tradicionais jalecos azuis, eles escolhem dedicar horas de suas vidas em ajudar aqueles que passam por um momento delicado, trazendo alegria, carinho, um ombro amigo e vontade de fazer a diferença.

Atualmente, são 460 voluntários trabalhando de segunda a sexta no Hospital, divididos em 25 equipes que atuam nas mais diferentes atividades que possam auxiliar o paciente com câncer, como acompanhamento na chegada ao Hospital, passa pelos lanches oferecidos, pelas brincadeiras e pelo apoio espiritual, entre outros.