Guia para mulheres submetidas à mastectomia é lançado com apoio do GLPV

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de 70% das mulheres diagnosticadas com o câncer de mama são submetidas à mastectomia, cirurgia de retirada parcial ou total. Para oferecer recomendações e esclarecimentos sobre o pós-cirúrgico, o “Guia para mulheres submetidas à mastectomia” é lançado por um grupo de fisioterapeutas com apoio do Grupo Luta Pela Vida. 

O projeto é de autoria das fisioterapeutas Thais Carvalho Rocha e Caroline Vasconcelos, sob a orientação de Eliane Maria de Carvalho e tem o conteúdo voltado para mulheres submetidas a cirurgia oncológica mamária, familiares que assistem a essas mulheres, profissionais da saúde e comunidade em geral interessada no tema. Entre os tópicos abordados pelo Guia, existem dicas e orientações sobre atividades físicas e domésticas após o procedimento, recomendações de saúde, esclarecimentos sobre a automassagem e muito mais. 

“É um material essencial para orientação, acompanhamento e reabilitação para execução de atividades de vida diária e laborais, bem como melhora da qualidade de vida dessas mulheres”, afirma Eliane Maria de Carvalho, orientadora do projeto, sobre o impacto social da publicação. O Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital do Câncer em Uberlândia, apoiou na produção do material junto às autoras e reconhece a importância do Guia na rotina das mulheres que realizaram a mastectomia. 

Para acessar o “Guia para mulheres submetidas à mastectomia”, clique aqui

Rolar para cima