Hospital de Câncer em Uberlândia recebe projeto Leiturinhas no Hospital

No Dia Nacional do Livro, os pacientes infantojuvenis do Hospital do Câncer e seus acompanhantes ganharam um ótimo incentivo à leitura dentro do ambiente hospitalar. Na manhã desta sexta-feira (29), na brinquedoteca da instituição, foi inaugurado o projeto Leiturinhas no Hospital, que conta com um acervo de 850 novos livros entre romances, quadrinhos, contos e títulos infantojuvenis de grandes editoras brasileiras e 60 jogos e brinquedos educativos. A implantação do espaço de leitura é uma realização da CEC Brasil com patrocínio da Bayer via Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura.

Para o lançamento, que vai contemplar os vários pacientes que passam pelo local de recreação da instituição, estiveram presentes os representantes do Grupo Luta Pela Vida, do Hospital do Câncer, da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Também marcaram presença na inauguração, as representantes da CEC Brasil e da Bayer, realizadora e patrocinadora do projeto, respectivamente.

Letícia Tavares, pedagoga da CEC Brasil, pontua que o projeto surge pelo desejo de pensar em espaço de leituras dentro de hospitais, após várias experiências que a empresa teve com este tipo de espaço em escolas. “No Hospital tem a possibilidade da humanização de todas aquelas crianças e adolescentes que estão em situação de internação e tratamento, e a leitura entra como um apoio a esse momento.” Kaline Rocha, Cientista Social e representante da CEC Brasil, complementa que a leitura é um importante caminho para o desenvolvimento e que o projeto busca motivar a formação de novos leitores.

Sheila Moraes, representante da Bayer Uberlândia, também pondera que poder patrocinar este tipo de ação vai ao encontro do que a empresa prega, ao sempre pensar em atender as necessidades das pessoas.

Com apenas quatro anos e cheio de energia, o paciente Pedro Lucas já pôde experimentar e se divertir entre os inúmeros novos livros que agora ficarão disponíveis na brinquedoteca. Para Thaine Soares, mãe e acompanhante do pequeno, é muito bom ter esse novo espaço de incentivo à leitura dentro do Hospital. “É muito importante a criança já se adaptar a leitura. O Pedro é paciente do Hospital desde outubro de 2019, e ele adora vir a brinquedoteca, isso é uma aventura pra ele”, comenta a mãe, que ainda revela, com felicidade, que tinham acabado de sair da consulta de alta do tratamento de Pedro.  

A iniciativa, que consistiu na reforma de uma área da brinquedoteca, agora já está disponível para acolher os pacientes e suas famílias. “Por meio do projeto Leiturinhas no Hospital, o espaço agora conta com novas mesas de leitura e estante de livros, brinquedos lúdicos e pedagógicos, o que vai beneficiar muito as nossas crianças”, comemora Marcela Calixto Silva, supervisora da brinquedoteca.

O Grupo Luta Pela Vida e o Hospital do Câncer agradecem pela parceria e apoio da CEC Brasil e Bayer em prol dos pacientes infantojuvenis da instituição.

Rolar para cima