Hospital do Câncer é o 1º hospital público em Minas com residência em radioterapia

Compartilhe:

O Hospital do Câncer em Uberlândia iniciou sua primeira turma de residentes em radioterapia. A instituição, que passou pela avaliação da Comissão de Residência Médica e foi credenciada pelo Ministério da Educação (MEC), em 2012, está com dois residentes em radioterapia e o objetivo é manter duas vagas anuais. De acordo com a Sociedade Brasileira de Radioterapia, há apenas 19 instituições de saúde com residência em radioterapia credenciada pelo MEC, em sete estados brasileiros.

Para o diretor do Hospital do Câncer e coordenador da residência em Radioterapia, Eurípedes Barra, o programa de residência média em radioterapia já era um desejo do Hospital e do próprio Grupo Luta Pela Vida. “O Hospital se candidatou, em 2012, para a realização da residência, ano o qual foi avaliado e credenciado. Um dos nossos objetivos é fixarmos na cidade os nossos profissionais, com identidade local, familiaridade com o Hospital e com a cultura da região”, diz Barra.

A residência em radioterapia é realizada em tempo integral, com uma carga horária de 60 horas semanais. Os residentes têm que cumprir o mínimo de três anos de residência e passam frequentemente por avaliações e provas. “Essa realização vem ao encontro do interesse da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), por se tratar de um hospital universitário formador de profissionais e opinião”, afirma o coordenador da residência.

1 comentário em “Hospital do Câncer é o 1º hospital público em Minas com residência em radioterapia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *