Julho Verde: campanha de prevenção e conscientização do câncer de cabeça e pescoço 💚

A Campanha Julho Verde tem como escopo conscientizar a população sobre a importância da prevenção do câncer de cabeça e pescoço. Além disso, pretende chamar a atenção para formas de prevenção e tratamento.

O Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, 27 de julho, tem como intuito despertar nas pessoas o sentimento de cuidado com a doença que afeta boca, língua, gengivas, bochechas, palato mole e duro, faringe, laringe, amígdalas, tireoide e esôfago.

O câncer mais comum na cabeça e pescoço é o de boca, sendo que, no Brasil, é o quinto câncer mais frequente entre os homens. Essa doença, segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer, afeta em média 15 mil pessoas ao ano, sendo que, dessas, 6 mil vão a óbito. O principal fator é o tabagismo que, aliado com o alcoolismo, faz com seja até seis vezes maior a incidência da doença. 

Em muitos casos, a doença tem manifestação assintomática, o que exige ainda mais atenção aos sinais do corpo: dificuldade para engolir, manchas brancas na boca, nódulo no pescoço persistindo por mais de duas semanas e mudanças na voz, como rouquidão insistente, são os mais comuns. A doença também pode se manifestar por meio de sinais, como a ferida na boca que não cicatriza, geralmente confundida com aftas.

Infelizmente, 60% dos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados em fase avançada da doença. O diagnóstico precoce e o rápido início do tratamento são fundamentais para a cura do câncer de cabeça e pescoço. Quanto mais se retarda o início do tratamento, maior a chance de sequelas para o paciente. Por isso, é fundamental insistir na relevância dos exames preventivos de rotina. Eles são os melhores aliados na busca por mais qualidade de vida. 

Saúde é prevenção!

Rolar para cima