Médico, aquele que luta pela vida

Mais do que uma profissão, uma missão. Neste dia 18, é comemorado o Dia do Médico, profissional esse que, com toda a sua equipe, ganhou destaque nos últimos dois anos por conta da maior crise sanitária da história da humanidade, a pandemia causada pelo vírus Covid-19. Muitas destas perdas foram sentidas na classe, após contaminação durante o seu trabalho que é justamente o de salvar de vidas.

Para além desta crise mundial, existe outro grande ponto onde verdadeiras guerras são travadas por esses profissionais, o câncer. Atualmente o Brasil conta com cerca de 3.583 médicos especializados em oncologia, de acordo com relatório do estudo realizado em parceria pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo -CREMESP, Conselho Federal de Medicina – CFM e Faculdade de Medicina da UPS. É um número muito baixo frente aos 309 mil casos de câncer estimado em 2020 na população brasileira.

Foi buscando mudar essa realidade, fazendo que o trabalho como médico que o vice-presidente do Grupo Luta Pela Vida e oncologista, Dr. Rogério Araújo, resolveu abraçar a luta pela vida e fundar o grupo.  

“Naquela época, as pessoas se referiam ao câncer como aquela doença. O Grupo Luta Pela Vida teve um papel fundamental para eliminar o estigma a doença na região, com o dinheiro, nós mobiliamos todo o espaço e ainda sobrou”. Assim foi inaugurado o primeiro pavimento do Hospital do Câncer em Uberlândia, há 21 anos. 

Naquele momento iniciava uma nova fase para o tratamento oncológico em Uberlândia e região. Dr. Rogério se tornou um dos cabeças do Hospital do Câncer e, como presidente do Grupo Luta Pela Vida, mobilizou a sociedade para investir em melhorias que chegam aos dias atuais. “Nosso objetivo é fazer do Hospital do Câncer em Uberlândia uma instituição que recebe o paciente para realizar os exames preventivos, passando por todas as frentes do tratamento, até os cuidados nos momentos finais de sua vida”. 

Hoje, com o trabalho do GLPV crescendo em Uberlândia e região e isso sendo reconhecido por diversas entidades, inclusive recebendo prêmios como uma das 100 melhores ONGs do Brasil, é que percebemos que o trabalho duro de médicos como Dr. Rogério e tantos outros profissionais é fundamental para que a sociedade posse seguir acreditando na saúde, prevenção e luta contra o câncer.

O Grupo Luta Pela Vida deseja a todos os médicos seus mais profundos agradecimentos. Contem sempre conosco assim como contamos com vocês. Seguimos sempre, juntos pela vida! 

Rolar para cima