Setembro Dourado: Grupo Luta Pela Vida promove ações de conscientização sobre o câncer infantojuvenil

Todos os anos, cerca de 8 mil crianças e adolescentes são diagnosticados com algum tido de câncer no Brasil, os dados do Instituto Nacional de Câncer – INCA, afirmam também que o câncer infantil é a doença  responsável pelo maior número de mortes entre um a 19 anos de idade. Frente a esse índice e com objetivo de reduzi-lo que em setembro acontece a campanha Setembro Dourado, que alerta famílias e profissionais de saúde sobre o tema e estimula o conhecimento sobre o câncer infantojuvenil. 

Quando diagnosticado precocemente e tratados em centros especializados, aproximadamente 80% das crianças e adolescentes acometidos pelo câncer podem ser curados e ter uma boa qualidade de vida.  Por isso, diagnosticar rápido e adequadamente é essencial para o sucesso do tratamento. 

O que diz a especialista

            Assim como em outros tipos de tumores, o diagnóstico precoce pode elevar as chances de cura. A informação é uma grande aliada neste cenário, como comenta a oncopediatra do Hospital do Câncer em Uberlândia, Dr.ª Anna Beatriz Amaral. “Precisamos levar à população informações sobre o tema para que pais, responsáveis e profissionais de saúde consigam reconhecer possíveis sinais e sintomas de suspeição para o câncer em crianças e adolescentes. O câncer infantojuvenil precisa ser um diagnóstico diferencial e não de exclusão, lembrado sempre nas avaliações pediátricas, para que seja adequadamente triado e possibilite acesso mais rápido a tratamentos e assistência de qualidade.”

Fique atento aos sinais

Um dos maiores vilões do câncer infantojuvenil é a similaridade com outras doenças comuns na infância como resfriados, dores musculares, de cabeça etc. Por esse motivo, é que os familiares fiquem atentos a qualquer sinal ou sintoma diferente que o seu filho possa apresentar.

Sintomas como palidez, cansaço excessivo, dores articulares, normalmente associados a mononucleose e anemias, podem ser sintomas de leucemia, por exemplo. Então é importante ficar atento aos sinais, deve-se acompanhar os médicos de rotina, seguir as prescrições, mas ficar muito atento quando os sintomas não melhoram com tratamento. Nesse caso é o momento de buscar um centro de referência oncológica pediátrica para exames mais profundos.

Principais cânceres diagnosticados em crianças e adolescentes

Os três tipos mais comuns de câncer entre crianças e adolescentes são as leucemias, tumores cerebrais e os linfomas. Conheça os principais sinais e sintomas em cada um deles:

Leucemia

  • Sangramentos nas gengivas e hematomas que não estejam relacionados a traumas;
  • Palidez progressiva e apatia/ desânimo;
  • Febre prolongada sem origem definida.

Tumores Cerebrais

  • Dores de cabeça acompanhadas de vômitos em jato
  • Diminuição da força em braços e pernas.

Linfomas

  • Ínguas na virilha, axila ou pescoço, sem motivo aparente;
  • Transpiração noturna excessiva;
  • Febre prolongada sem origem definida.

Hábitos saudáveis

Crianças são muito enérgicas e com metabolismo rápido, contudo é importante levar em consideração fatores relacionados ao estilo de vida e o aparecimento de um tumor. Normalmente indicações como: evitar o cigarro, excesso de peso, sedentarismo, álcool e dieta equilibrada são voltadas para adultos. Mas essas precauções podem ser aplicadas a crianças e adolescentes também, sobretudo a questão do cigarro, com os fumantes passivos.

De acordo com o Ministério da Saúde, o fumo passivo aumenta em 5 vezes o risco de bebes morrerem de mal súbito, já nas crianças, a convivência com um fumante aumenta o risco infecções de ouvido e doenças respiratórias como pneumonia, bronquites e intensificação da asma.

A atuação do Grupo Luta Pela Vida e do Hospital do Câncer na luta contra o câncer infantojuvenil

No Hospital do Câncer em Uberlândia, os pacientes oncopediátricos não passam por filas para o atendimento e são assistidos e acolhidos, juntamente com seus familiares, por uma equipe multidisciplinar de forma completa e humanizada.

Dentro da humanização do cuidado podem usufruir dos serviços da brinquedoteca, um espaço fundado pelo Grupo Luta Pela Vida, que tem como função principal servir como local lúdico e educativo enquanto aguardam para serem atendidos. Somente em 2021, na brinquedoteca, aconteceram 1.038 atendimentos à crianças e adolescentes e 220 atendimentos de apoio pedagógico.

Rolar para cima