Solidariedade, amor e cuidado: os voluntários estão de volta ao Hospital do Câncer em Uberlândia

Após 2 anos os voluntários do Grupo Luta Pela Vida estão de volta aos corredores do Hospital do Câncer em Uberlândia. O retorno ocorre de maneira gradual, obedecendo todos os protocolos necessários.

A chegada da pandemia em 2020 fez com que o voluntariado precisasse passar por uma pausa visando a saúde e segurança de todos. O Grupo Luta Pela Vida e o Hospital do Câncer sempre estiveram alinhados com o Comitê de Monitoramento à Covid – 19 da Universidade Federal de Uberlândia, aguardando o momento ideal para que as atividades dos voluntários pudessem ser retomadas.

E esse momento chegou, logo em uma semana tão especial a volta dos voluntários é mais um motivo para se comemorar. No dia 08 de abril o Hospital do Câncer em Uberlândia completa 22 anos de histórias. 22 anos na luta pela vida dos pacientes oncológicos.

E tal comemoração não seria completa sem a presença daqueles que são um dos principais pilares do GLPV, nossos voluntários. De acordo com Apoena Borba, voluntária na brinquedoteca, a sensação de estar voltando ao Hospital é indescritível. “Fazer um trabalho que a gente ama de verdade, é muito gratificante. Nós contribuímos para fazer um gesto que é de muito carinho e de muito amor, que há 2 anos havíamos parado e sabemos que faz falta esse contato físico para as crianças e para nós também”.

Apoena afirma que a melhora das crianças com a presença dos voluntários é notável pelo sorriso largo e cheio de gratidão que já recebeu dos pequenos no primeiro dia de retorno. Com muito amor e solidariedade, os voluntários voltam aos corredores do Hospital do Câncer para espalhar carinho e cuidado aos mais de 7.600 pacientes oncológicos ali atendidos. Seguimos sempre juntos pela vida.

Rolar para cima